Sunday, October 26, 2014

never been this far from home

this morning I woke up with the sunrise... and I climbed up Mt. Alava: the top of an extinct volcano that was at the origin of the Tutuila Island...

it is not so easy to point out in a map where Tutuila Island is, mainly if you come from the other side of the world...

but after many airplanes and a ferry I arrived to the main island of the US territory of American Samoa...



my stay is almost at the end... tomorrow morning I will cross again the international date line, and I will skip the Sunday of October 26th...

I will fly from Pago-Pago in the morning of the 26th to arrive in Apia in the morning of the 27th... it is only 60 km from one island to the other... but they are just on different sides of the international date line... curious fact!



either way, I am actually happy I will skip Sunday 26th... Samoans value Sundays so much, that any sort of activity on this day is considered disrespectful... for the average tourist, it means no public transportation and a very limited number of places to eat... so I will skip that hassle...

the scenery in Samoa is like a postcard... the vegetation is as green as it gets... and the ocean is as blue as it gets... the occasional white sand beach is usually surrounded by bending coconut trees... and the Samoans usually welcome you with a big smile and a somehow naughty humor which I was just not expecting to find here...

Polynesian culture is just different! a very curious detail of the culture is that the practice of tattooing apparently originated here... the Samoan word for tattoo being Tatau!



Monday, August 25, 2014

outro mês de Agosto sem Algarve

a maioria dos portugueses prefere passar parte do Verão (e principalmente do mês de Agosto) no Algarve...
ora, é outro ano que passa sem que eu tenha ido ao Algarve no mês de Agosto... e não, não tenho nada contra o Algarve, mas realmente nunca se proporciona uma ida ao Sul...
talvez para o ano...

Tuesday, August 19, 2014

anonimato na Internet

admito que não me sinto muito à vontade em expôr-me demasiado na Internet... mas também é verdade que também fora da internet (ou seja, na vida real) também não sou muito de expôr-me...

é sempre mais fácil dar opniões sobre tudo do que falar verdadeiramente de quem somos e do que realmente nos move...

ou seja, todos podemos ter opinião sobre um determinado evento ou situação, mas isso não quer dizer que esse mesmo evento ou situação faça parte dessa esfera que inclui tudo o que realmente nos incomoda...

por exemplo, todos temos opinião sobre o que se está a passar agora nos países da África Ocidental que vivem uma situação sanitária dramática devido à epidemia do Ébola... mas quantos de nós estão dispostos a fazer o que quer que seja?

Friday, August 15, 2014

50 km de marcha

o tempo é de ver o Campeonato Europeu de Atletismo que este ano decorre em Zurique...
a prova que domina esta manhã é marcha, 50 km de marcha... parece-me uma prova completamente contra-natura....

Thursday, August 14, 2014

quando começa o futebol?

as notícias em Portugal são tão alarmistas e dramáticas que até dá vontade que comece a Liga para que se veja outro tipo de notícias...

"tens de procurar a justificação no teu passado!"

tive uma reação muito pouco "a la Sofia". tive uma discussão com o meu chefe, senti um pouco de paternalismo das sua parte e decidi bater com a porta e pôr-me a andar...

este tipo de reacção digna de uma novela mexicana não costuma fazer parte do meu dia-a-dia...

mas como trabalho em ambientes de elevado stress, com riscos de segurança e com um alto nível de responsabilidade, este tipo de reacções desencadeia toda uma série de respostas por parte da minha organização: falar com o chefe do meu chefe e com o chefe do primeiro!, com o director de recursos humanos, e com a unidade de apoio psicológico...

após dias de reuniões em dois continentes, finalmente chego a casa, e detudo isto, apenas me lembro que não há lugar para reacções demasiado passionais no local de trabalho e que para evitar este tipo de reacções tenhod e procurar no meu passado o que poderá estar na origem desta reacção! tá bem! lá vou eu  procurar...

Friday, August 1, 2014

les crises

pour les humanitaires, une crise est souvent un accident naturel, une crise nutritionnelle, des conflits, la violence, le perte temporaire des conditions de vie minimales nécessaires à une personne, que ça soit un enfant, une femme ou un homme...

maintenant, les journaux parlent du Soudan du Sud, Libye, Israël et Gaza, Ukraine et Syrie... on parle aussi de l'Ebola qui menacent les populations de l'Afrique de l'Ouest...

ici en RDC, au Sud Kivu, crise est la réalité... il y a toute une génération qui est grandie dans la "crise"... la crise de manque de revenues, nourriture et accès à la santé et éducation, la crise de violences fréquentes et déplacements de la population... la crise des violences sexuelles... crise crise crise...